Fenrir’s Scar lança lyric vídeo para a faixa “Break The Wheel”

O duo campineiro Fenrir’s Scar formado pelo músico multi-instrumentista e também vocalista André Baida, e pela vocalista Desireé Rezende, lançou nesta semana um lyric vídeo do seu mais novo single Break The Wheel.

Este é o quarto single lançado pelo duo como parte do seu segundo disco “Love | Hate | Hope | Despair” que será lançado em meados de 2021. O álbum conta com a produção de Fabiano Negri (ex-Rei Lagarto, Unsuspected Soul Band, Dusty Old Fingers) e com a participação de Icaro Ravelo (Arkana Fen, Ruins of Elysium) na bateria.

Break The Wheel é uma canção com mais de 7 minutos, e contém diversos elementos que trazem o peso e a melancolia que definem o som do Fenrir’s Scar. Guitarras e sintetizadores pesados, além de vocais que se contrastam e se complementam entre si. O lyric foi criado pela própria vocalista da banda.

Confira o lyric vídeo:


A letra da música foi composta pela vocalista Desireé Rezende e foi inspirada na série The Handmaid’s Tale e no livro homônimo, que na versão em português carrega o nome “O Conto da Aia”:

“Essa história se trata de uma distopia, onde o governo (no caso o governo dos EUA), sofre um golpe de estado e é tomado por religiosos fundamentalistas que criam uma série nova de leis e regras que afetam principalmente as mulheres. Elas não tem liberdade alguma, todas são obrigadas a servir de acordo com seu status e capacidade reprodutiva. É um universo muito triste, mas que não está muito longe do que vivemos atualmente, por isso me identifiquei com a história e quis escrever sobre. ” – Comenta a vocalista Desireé Rezende.

“E a música não é apenas sobre essa tragédia, ela fala também sobre a rebelião e revolução, contra esse sistema. E que política e religião é uma combinação perigosíssima” – complementa Desireé.

A arte do single foi criada por Carlos Fides, que já trabalhou com bandas renomadas como Evergrey, Kamelot, Edu Falaschi, entre outros. A arte foi cedida a banda em um concurso que o artista promoveu em seu instagram.

“Break the Wheel não é um single dentro dos padrões da indústria. É uma música longa e pesada, não seria nossa primeira escolha para um single, mas a arte feita pelo Carlos Fides combinou tanto com a mensagem da música, que resolvemos trabalhar essa música como um single” – explica André Baida. 

“Pelo tema ser um assunto pesado, nossa intenção foi passar esse peso sonoramente também na música. Além dos instrumentos padrões que usamos, quisemos colocar alguns ‘barulhos’ de sintetizadores que trouxessem esse incômodo que a música pede. Trabalhamos com o nosso produtor Fabiano Negri que trouxe esses elementos que complementam muito bem a música”. Completa André.

Ouça Break The Wheel nos serviços de streaming:

Spotify:  http://bit.ly/FenrirsScarSpotify

Apple Music:  http://bit.ly/FSAppleMusic

Deezer:  http://bit.ly/fsdeezer

Bandcamp:  http://bit.ly/bandcampfs

TIDAL:  http://bit.ly/fstidal

YouTube Music: http://bit.ly/BTW-FS

Amazon Music: http://bit.ly/FSBreakAmazon

iTunes: http://bit.ly/FenrirsScariTunes

Siga o Fenrir’s Scar nas redes sociais:

Facebook: www.facebook.com/fenrirsscar
Instagram: www.instagram.com/fenrirsscar
Twitter: www.twitter.com/fenrirsscar
YouTube: www.youtube.com/fenrirsscar
Website: www.fenrirsscar.com 

Nota republicada em:

Roadie Crew
União das Mulheres do Underground
Metal no Papel
Handmaid’s Brasil

Confira a participação do duo Fenrir’s Scar no festival online d’O Subsolo

No último sábado, dia 17/10 aconteceu o festival online organizado pelo site O Subsolo, no canal do youtube www.youtube.com/osubsolo.com

Inspirados pelo LVNA, O Subsolo resolveu trazer ao mundo digital seu próprio festival, enquanto ainda não é possível a realização de eventos presenciais e a realização da quarta edição do seu tradicional festival.

As bandas que participaram são:

Claustrofobia, Eskröta, Hatefulmurder, Sobernot, Anoushbard, Mercic, SILENT CRY, Revengin, INRAZA, Isla de la Muerte, DarkTower, NoFearz, Nic O Tines, Inluzt, STAB, APOKRISIS, QuatroQuartos, One Thousand Dead, Boca Braba Hardcore, 100 Dogmas, Ossos Cruzados, Fenrir’s Scar.

E não esqueça de conferir a campanha para #UmNovoOSubSolo, acesse https://apoia.se/osubsolo

Confira a partipação da banda Fenrir’s Scar e o festival:

Assista também a apresentação das bandas do O Subsolo Online Edition feita pelo Underground Extremo:

Confira a participação do duo Fenrir’s Scar no Metal Com Batata Stay Home Fest 5

A quinta edição do Metal Com Batata Stay Home Festival aconteceu nessa última sexta-feira, dia 16/10 no canal do youtube do Metal Com Batata.

Realizado por Cristiano Souza, idealizador do programa Metal Com Batata, o Stay Home Festival vem acontecendo desde o começo da pandemia.

A edição do mês de Outubro foi em especial a campanha do Outubro Rosa e contou com apenas apresentadoras mulheres.

Assista ao festival e a partipação do Fenrir’s Scar:

O cast completo contou com as seguintes atrações:

Paradise in Flames
Beto Lani
Boa Vista Hard Club
Carniça
Alefla
Residüs
Ossos
Initiate Decay
Losna
Mortal Ways
Fenrir’s Scar
Diabolus Alma Mater
Voccatus
Silent Cry
Hellish War / Living Metal
Even Vast (Inglaterra)
Anoushbard (Irã)

Fenrir’s Scar no programa Rock’n’Brasil com Tony Monteiro com o single The Enemy Inside

Hoje, as 23h vai ao ar o programa Rock’n’Brasil apresentado pelo jornalista e radialista Tony Monteiro.

Nesta edição do programa será apresentado nosso novo singleThe Enemy Inside, além de sons de outras bandas emergentes e grandes nomes do rock e metal nacional, como King Bird, Patrulha do Espaço, Drakula, The Troops of Doom, Revolta e Andre Matos.

O Rock’n’Brasil vai ao ar pela MKK Webrádio: www.mkkwebradio.com.br as 23h e será reprisado no domingo 18/10 às 21h.

Edit:

Caso tenha perdido o programa você pode ouvir no mixcloud:

Fenrir’s Scar lança single inspirado na série The Handmaid’s Tale

O duo campineiro Fenrir’s Scar formado pelo músico multi-instrumentista e também vocalista André Baida, e pela vocalista Desireé Rezende, lança nesta sexta-feira, dia 09 de Outubro o seu mais novo single Break The Wheel.

Este é o quarto single lançado pelo duo como parte do seu segundo disco “Love | Hate | Hope | Despair” que será lançado em meados de 2021. O álbum conta com a produção de Fabiano Negri (ex-Rei Lagarto, Unsuspected Soul Band, Dusty Old Fingers) e com a participação de Icaro Ravelo (Arkana Fen, Ruins of Elysium) na bateria.

Break The Wheel é uma canção com mais de 7 minutos, e contém diversos elementos que trazem o peso e a melancolia que definem o som do Fenrir’s Scar. Guitarras e sintetizadores pesados, além de vocais que se contrastam e se complementam entre si. 

A letra da música foi composta pela vocalista Desireé Rezende e foi inspirada na série The Handmaid’s Tale e no livro homônimo, que na versão em português carrega o nome “O Conto da Aia”:

“Essa história se trata de uma distopia, onde o governo (no caso o governo dos EUA), sofre um golpe de estado e é tomado por religiosos fundamentalistas que criam uma série nova de leis e regras que afetam principalmente as mulheres. Elas não tem liberdade alguma, todas são obrigadas a servir de acordo com seu status e capacidade reprodutiva. É um universo muito triste, mas que não está muito longe do que vivemos atualmente, por isso me identifiquei com a história e quis escrever sobre. ” – Comenta a vocalista Desireé Rezende.

“E a música não é apenas sobre essa tragédia, ela fala também sobre a rebelião e revolução, contra esse sistema. E que política e religião é uma combinação perigosíssima” – complementa Desireé.

A arte do single foi criada por Carlos Fides, que já trabalhou com bandas renomadas como Evergrey, Kamelot, Edu Falaschi, entre outros. A arte foi cedida a banda em um concurso que o artista promoveu em seu instagram.

“Break the Wheel não é um single dentro dos padrões da indústria. É uma música longa e pesada, não seria nossa primeira escolha para um single, mas a arte feita pelo Carlos Fides combinou tanto com a mensagem da música, que resolvemos trabalhar essa música como um single” – explica André Baida. 

“Pelo tema ser um assunto pesado, nossa intenção foi passar esse peso sonoramente também na música. Além dos instrumentos padrões que usamos, quisemos colocar alguns ‘barulhos’ de sintetizadores que trouxessem esse incômodo que a música pede. Trabalhamos com o nosso produtor Fabiano Negri que trouxe esses elementos que complementam muito bem a música”. Completa André.

Ouça Break The Wheel nos serviços de streaming:

Spotify:  http://bit.ly/FenrirsScarSpotify
Apple Music:  http://bit.ly/FSAppleMusic
Deezer:  http://bit.ly/fsdeezer
Bandcamp:  http://bit.ly/bandcampfs
TIDAL:  http://bit.ly/fstidal
YouTube Music: http://bit.ly/BTW-FS
Amazon Music: http://bit.ly/FSBreakAmazon
iTunes: http://bit.ly/FenrirsScariTunes

Siga o Fenrir’s Scar nas redes sociais:

Facebook: www.facebook.com/fenrirsscar
Instagram: www.instagram.com/fenrirsscar
Twitter: www.twitter.com/fenrirsscar
YouTube: www.youtube.com/fenrirsscar
Website: www.fenrirsscar.com 

Republicado em:

Arrepio Produções
WikiMetal

Confira a participação do duo Fenrir’s Scar no Bode Metal Fest

A primeira edição do Bode Metal Fest aconteceu nesse último final de semana, nos dias 3/10 (sábado) e 4/10 (domingo) no canal do youtube do Bode Metal.

Realizado pelo youtuber Leo “Bode” o festival contou com nomes de peso do cenário nacional como Lyria, Navighattor, Vikräm, Silent Cry e o Fenrir’s Scar, entre outras atrações.

O duo Fenrir’s Scar participu do segundo dia do festival com o seu single “The Enemy Inside”.

Assista ao segundo dia do festival e a partipação do Fenrir’s Scar:

O cast completo contou com as seguintes atrações:

Dia 1:

Lasting Maze
Brightstorm
Vocifer
Rage in my Eyes
Caravellus
Age of Artemis
Lyria
Haunter
Silent Cry
Adellaide
Final Disaster
Inanimalia
Psychosane
Caio Gaona
New Democracy
Dark Valley
Voccatus
Hellhoundz
Swëet Büllet

Dia 2:

Van Dorte
Vikram
Ego Abscence
Navighator
Eskröta
Kaká Campolongo
Evendusk
Ana Clara Mafra
Alefla
Neverwinter
Lia Kapp
Enigma Ex Machine
Mercy Killing
Kattah
Fenrir’s Scar

Assista às apresentações do primeiro dia do Bode Metal Fest:

Leia também a apresentação das bandas do Bode Metal Fest feita pelo blog Underground Extremo:

http://www.undergroundextremo.com/2020/10/conheca-as-bandas-do-bode-metal-fest_4.html

Confira a programação dos programas de rádio deste domingo

Hoje vai rolar nosso som em dois programas de rádio de peso! Fiquem ligados! Às 19h horas, rola o Metal Com Batata BRAZIL METAL NEWS no Eclipse Metalico Radio Show na Rádio MARCOENSE FM em Portugal com lançamentos de bandas do underground brasileiro.

🔗https://eclipsemetalico.com/listen-live/

E às 23 horas estaremos no programa Underground Extremo na MutanteRadio com o melhor da cena extrema do metal nacional! A temática dessa edição são bandas de gothic e doom metal nacional!

🔗https://www.mutanteradio.com

Fenrir’s Scar lança novo single “The Enemy Inside”

Formado pelo músico multi-instrumentista e também vocalista André Baida, e pela vocalista Desireé Rezende, o duo campineiro Fenrir’s Scar lança nesta sexta-feira dia 04/09 o seu mais novo single “The Enemy Inside”.

A cerca de um mês, o duo havia lançado o single Curse of Mankind, que teve participação em dois grandes festivais online com um webclipe gravado durante o período de distanciamento social.

No entanto a banda já trouxe mais novidades, a canção The Enemy Inside. Que teve sua pré-estréia no festival online LVNA FEST II no sábado dia 29 de Agosto canal do Youtube do LVNA Art.O LVNA fest foi um festival beneficente em prol da ONG Mulheres da Luz.

O single foi lançado oficialmente nos serviços de streaming no dia 04 de Setembro. Tanto o single, como o vindouro álbum “Love | Hate | Hope | Despair” foram produzidos por Fabiano Negri (ex-Rei Lagarto, Unsuspected Soul Band, Dusty Old Fingers), e conta com a participação de Icaro Ravelo (Arkana Fen) nas baterias. O single veio acompanhado de um webclipe, filmado pelo próprio duo e editado por Ian Pinheiro.

“The Enemy Inside é uma canção sobre nosso sabotador interno. Aquela voz na nossa cabeça dizendo que não somos bons o suficientes, e que precisamos lutar contra essa voz. E que às vezes o nosso maior inimigo, somos nós próprios” – Explica a letrista Desireé Rezende.

Já André Baida compartilha um pouco sobre a composição e os elementos da música: “Essa é a faixa mais pesada do álbum que lançamos até agora. Essa música tem riffs pesados, e foi gravada com guitarra de 7 cordas com afinação em A, também usei um baixo de 6 cordas para trazer esse peso e modernidade que estamos buscando neste novo álbum. Nosso produtor Fabiano Negri gravou os synths com timbres mais eletrônicos para complementar essa nova vibe mais modern metal que procurávamos. Além de gravar o solo de guitarra.”

A faixa foi composta pelo músico André Baida e a letra foi criada pela vocalista Desireé Rezende, assim como a arte da capa do single.

Assista ao webclipe de The Enemy Inside:
http://bit.ly/FSEnemy

Ouça o single nos serviços de streaming:

Spotify: http://bit.ly/FenrirsScarSpotify
Apple Music: http://bit.ly/FSAppleMusic
Deezer: http://bit.ly/fsdeezer
Bandcamp: http://bit.ly/bandcampfs
Acompanhe o Fenrir’s Scar nas redes sociais:

YouTube: https://www.youtube.com/fenrirsscar

Facebook: https://www.facebook.com/fenrirsscar
Instagram: https://www.instagram.com/fenrirsscar
Twitter: https://www.twitter.com/fenrirsscar
Website: https://www.fenrirsscar.com

Publicado em:
Arrepio Produções
Metal no Papel
Headbangers News
Roadie Crew
Whiplash
Metal Sirius

World Metal Scene (em inglês)
Femme Metal Webzine (em inglês)

Música adicionada na Playlist de Lançamentos do jornalista Igor Miranda:
https://www.igormiranda.com.br/2020/08/playlist-lancamentos-musicas-albuns-rock-metal-21-agosto.html

Confira a resenha de Curse of Mankind no blog Som Pesado e Boa Cerveja

Confira a resenha do nosso último single Curse of Mankind no blog Som Pesado e Boa Cerveja:

“Fenrir’s Scar – Curse of mankind
Continuando na onda do metal, o duo campineiro (leia mais aqui) já havia soltado a excelente Heal you no ano passado e agora está de volta com Curse of mankind, editada em julho. Uma música do mesmo nível do álbum de 2.017 e que não deve nada a qualquer grande banda que lhe venha a cabeça.

A música segue aquela linha gothic metal com vocais nos contrapontos masculino e feminino. Segundo os músicos André Baida (vocal, teclado, baixo e teclados) e Desireé Rezendo (vocal), seu som segue uma linha mais alternativa, mas rótulos estão em baixa, então, o negócio é saber se é bom ou não e, para nossa sorte, é bom!

É uma pena que no underground tudo é mais difícil e mediante tantos problemas muitos nomes acabam sucumbindo. Cabe aos chamados apreciadores da boa música fazerem seu papel e colaborando para que nossa cena, que é excelente, nunca padeça.

Vagner Aguiar – Som Pesado & Boa Cereja

Confira todas as resenhas de singles do post e a resenha do nosso álbum de 2017 no blog:

https://sompesadoeboacerveja.blogspot.com/2020/08/geral-os-singles-de-velhas-virgens.html?spref=fb&fbclid=IwAR3ABb4XObC2xDUGF3lv5SsjZ6tW8P7ICLR3UQEAO8apOfYTctci3dKH9x4