Fenrir’s Scar lança vídeo com participações de fãs e amigos da cena do metal nacional

O duo campineiro Fenrir’s Scar formado pelo músico multi-instrumentista e vocalista André Baida, e pela vocalista Desireé Rezende, lançou recentemente o vídeo para a faixa Break The Wheel.

O vídeo contém participações de mais de 40 pessoas de 10 estados brasileiros, entre elas fiéis apoiadores da banda, amigos, além de integrantes de bandas da cena underground, assim como importantes divulgadores de mídia independente. Todas as participações no vídeo trazem a letra do refrão “Don’t Let The Bastards Take You Down” ou a #DLTBTYD escrito em placas, no corpo e outros objetos como camisetas. 

Entre as participações podemos destacar integrantes de bandas como: Dark Valley, Lasting Maze, Lia Kapp, Dark New Farm, Dakhmas, Evendusk, Final Disaster e Anfear, esta última inclusive teve participação de todos os membros. Além de colaboradores e idealizadores de sites como O Subsolo e Playfonic e criadores de conteúdo como Nerd Banger, Mosh in Hell, Metal Dark e Bode Metal.

A música foi inspirada na série The Handmaid’s Tale e no livro homônimo, que na versão em português carrega o nome “O Conto da Aia”, e aborda o tema de revolta e revolução contra um sistema opressor.

“Break The Wheel é sobre revolta e revolução. Mas também sobre empoderamento. Procuramos dessa forma ressignificar a mensagem da música e ao mesmo tempo estar mais próximo do nosso público e amigos, gerando esse senso de comunidade, mesmo afastados pelo isolamento social.” Comenta André Baida.

O vídeo foi filmado e editado pela própria vocalista Desireé Rezende, que conta alguns detalhes sobre a edição:

“Foi muito emocionante receber cada um dos vídeos e encaixá-los na nossa música. É muito gratificante ter esse apoio dos nossos amigos, parceiros e irmãos de luta. Foi um desafio fazer a edição com tantas pessoas, mas fiquei feliz com o resultado final.”

O vídeo também foi exibido recentemente nos festivais online Underground Extremo e O Subsolo, antes de ter sua estreia oficial no canal da banda.

Este é o quarto single lançado pelo duo como parte do seu vindouro disco “Love | Hate | Hope | Despair” que será lançado ainda neste ano. 

O álbum conta com a produção de Fabiano Negri (solo, ex-Rei Lagarto, Unsuspected Soul Band, Dusty Old Fingers) e com a participação de Icaro Ravelo (Arkana Fen, Ruins of Elysium) nas baterias.

Confira o vídeo:

http://bit.ly/DLTBTYD

Fenrir’s Scar lança lyric vídeo para a faixa “Break The Wheel”

O duo campineiro Fenrir’s Scar formado pelo músico multi-instrumentista e também vocalista André Baida, e pela vocalista Desireé Rezende, lançou nesta semana um lyric vídeo do seu mais novo single Break The Wheel.

Este é o quarto single lançado pelo duo como parte do seu segundo disco “Love | Hate | Hope | Despair” que será lançado em meados de 2021. O álbum conta com a produção de Fabiano Negri (ex-Rei Lagarto, Unsuspected Soul Band, Dusty Old Fingers) e com a participação de Icaro Ravelo (Arkana Fen, Ruins of Elysium) na bateria.

Break The Wheel é uma canção com mais de 7 minutos, e contém diversos elementos que trazem o peso e a melancolia que definem o som do Fenrir’s Scar. Guitarras e sintetizadores pesados, além de vocais que se contrastam e se complementam entre si. O lyric foi criado pela própria vocalista da banda.

Confira o lyric vídeo:


A letra da música foi composta pela vocalista Desireé Rezende e foi inspirada na série The Handmaid’s Tale e no livro homônimo, que na versão em português carrega o nome “O Conto da Aia”:

“Essa história se trata de uma distopia, onde o governo (no caso o governo dos EUA), sofre um golpe de estado e é tomado por religiosos fundamentalistas que criam uma série nova de leis e regras que afetam principalmente as mulheres. Elas não tem liberdade alguma, todas são obrigadas a servir de acordo com seu status e capacidade reprodutiva. É um universo muito triste, mas que não está muito longe do que vivemos atualmente, por isso me identifiquei com a história e quis escrever sobre. ” – Comenta a vocalista Desireé Rezende.

“E a música não é apenas sobre essa tragédia, ela fala também sobre a rebelião e revolução, contra esse sistema. E que política e religião é uma combinação perigosíssima” – complementa Desireé.

A arte do single foi criada por Carlos Fides, que já trabalhou com bandas renomadas como Evergrey, Kamelot, Edu Falaschi, entre outros. A arte foi cedida a banda em um concurso que o artista promoveu em seu instagram.

“Break the Wheel não é um single dentro dos padrões da indústria. É uma música longa e pesada, não seria nossa primeira escolha para um single, mas a arte feita pelo Carlos Fides combinou tanto com a mensagem da música, que resolvemos trabalhar essa música como um single” – explica André Baida. 

“Pelo tema ser um assunto pesado, nossa intenção foi passar esse peso sonoramente também na música. Além dos instrumentos padrões que usamos, quisemos colocar alguns ‘barulhos’ de sintetizadores que trouxessem esse incômodo que a música pede. Trabalhamos com o nosso produtor Fabiano Negri que trouxe esses elementos que complementam muito bem a música”. Completa André.

Ouça Break The Wheel nos serviços de streaming:

Spotify:  http://bit.ly/FenrirsScarSpotify

Apple Music:  http://bit.ly/FSAppleMusic

Deezer:  http://bit.ly/fsdeezer

Bandcamp:  http://bit.ly/bandcampfs

TIDAL:  http://bit.ly/fstidal

YouTube Music: http://bit.ly/BTW-FS

Amazon Music: http://bit.ly/FSBreakAmazon

iTunes: http://bit.ly/FenrirsScariTunes

Siga o Fenrir’s Scar nas redes sociais:

Facebook: www.facebook.com/fenrirsscar
Instagram: www.instagram.com/fenrirsscar
Twitter: www.twitter.com/fenrirsscar
YouTube: www.youtube.com/fenrirsscar
Website: www.fenrirsscar.com 

Nota republicada em:

Roadie Crew
União das Mulheres do Underground
Metal no Papel
Handmaid’s Brasil