Fenrir’s Scar participa do festival online Rock nas Alturas em prol da APAE

O duo Fenrir’s Scar será uma das atrações do ROCK NAS ALTURAS WEB EDITION no dia 11 de julho de 2020. O festival vai ao ar pelo canal do Festival no YouTube a partir das 20h.

O tradicional festival do sul de Minas Gerais encontrou na tecnologia a solução de levar música as pessoas durante o isolamento social devido a pandemia do COVID-19, e o mais importante: ajudar o próximo em tempos tão dificeis.

A APAE de Maria da Fé-MG, faz um trabalho lindo, com mais de 100 pessoas nos dias atuais, porém devido a quarentena estão passando por dificuldades por se tratar de uma instituição filantrópica. Eu, Márcio, além de produzir o festival, também sou funcionário lá, então sei de perto o que vem se passando. Então quem puder ajudar a instituição da forma que for, nosso eterno muito obrigado.

Márcio – Organizador do Festival Rock nas Alturas

O line-up desta edição especial conta com as bandas: Matanza Ritual, Kisser Clan (Andreas Kisser), Rats (Jimmy London), Aneurose, Final Disaster, O Bardo e o Banjo, Silence, PESTO, Sinaya, Carcadia, BLACKSMITH, Burnkill, New Democracy, Zamat, Asterean, Fenrir’s Scar, Ecce Hommo, Devancius, Heavy Blues, Eu, Ocê e o CD, Barba de Bode, Jorgito Rock.

O Fenrir’s Scar prepara uma música inédita e especial para essa ocasião e festival.

Para ajudar a APAE de Maria da Fé – MG contirbua com qualquer quantia para:

ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DE MARIA DA FÉ

Caixa Econômica Federal
Agência: 1687
Conta: 4654-0
Operação: 013

Banco do Brasil
Agência: 2276-4
Conta: 23015-4

CNPJ 21.422.019/0001-04

Fenrir’s Scar: confirmado na abertura do Tristania em Limeira-SP

Além da excelente receptividade do novo clipe de “Heal You” – que conta com mais de 30 mil visualizações em seu canal do YouTube – o Fenrir’s Scar tem mais um motivo para comemorar pois foram confirmados como banda de abertura do grupo norueguês Tristania no show que será realizado na cidade de Limeira, interior de São Paulo. O show será realizado no Bar da Montanha no dia 06 de Setembro.

“Somos muito gratos a Circle of Infinity pelo convite para a abertura do show do Tristania. É a realização de um sonho dividir o palco com uma banda dessa magnitude, e que tanto influenciou nosso trabalho” – comemora a vocalista Desireé Rezende “Faremos um show especial apresentando as músicas do nosso próximo disco – Love | Hate | Hope | Despair além de algumas canções do nosso debut. É realmente a realização de um sonho, estamos muito felizes” – comenta o vocalista André Baida.

Fenrir’s Scar está em processo de gravação do seu novo trabalho de estúdio “Love | Hate | Hope | Despair” que conta com produção de Fabiano Negri (Rei Lagarto, Unsuspecting Soul Band, Dusty Old Fingers).

Os ingressos para o evento podem ser adquiridos através do link: http://www.circleofinfinityproducoes.com/events/tristania-em-limeira

Serviço: Tristania – Latin American Tour 2020
Banda de abertura: Fenrir’s Scar
Data: 06/09/2020 (Domingo)
Local: Bar da Montanha
Endereço: Av. Laranjeiras, 2601 – Vila Eliza Fumagalli – Limeira-SP
Abertura da casa: 17h

Republicado em:
http://www.osubsolo.com/2020/02/fenrirs-scar-confirmado-na-abertura-do.html

Fenrir’s Scar anunciada a primeira edição do FS Metal Fest

O FENRIR’S SCAR apresenta a primeira edição do seu FS METAL FEST com objetivo de reascender a cena do metal autoral independente, focando principalmente nos subgêneros: Metal Alternativo, Metal Gótico e Metal Sinfônico.

A edição será realizada no dia 27 de outubro, no bar Woods, em Campinas/SP, às 16h e contará, além do FENRIR’S SCAR, com a presença das bandas: HEAVEN e LUCIDITY.

SERVIÇO:
FS METAL FEST


Data: 27/10/2018 (Sábado)
Abertura do bar: 16h
Primeira banda a tocar: 16h20
Ingressos Antecipados: R$15,00
Somente online através do e-mail ingressos@fenrisscar.com ou
Ingressos Na Portaria: R$20,00


Mais informações: https://www.facebook.com/events/472109289933760/

O FENRIR’S SCAR segue também promovendo seu debut homônimo. O álbum está à venda em formato físico diretamente com a banda por e-mail ou Facebook, e também está disponível nas principais plataformas digitais:

Spotify: https://open.spotify.com/album/0UCnlYGAVi4XfLK7fJcVI1
iTunes: https://itunes.apple.com/br/album/fenrirs-scar/id1292106555
Deezer: https://www.deezer.com/br/album/49270102
Google: https://goo.gl/EZ9rDh

Links relacionados:


E-Mail: fenrirsscar@gmail.com
Site: http://www.fenrirsscar.com
Facebook: https://www.facebook.com/fenriscar
Instagram: https://www.instagram.com/fenrirsscar/
YouTube: https://www.youtube.com/FenrirsScar
Spotify: https://open.spotify.com/artist/0iDirvf7XLSJHbVWXNF9tI
iTunes: https://itunes.apple.com/br/artist/fenrirs-scar/1292106562
Metal Media: http://www.metalmedia.com.br/fenrirsscar

Materia orignalmente postada no site da Metal Media e repostada nos seguintes sites:

Metal no Papel:
https://www.metalnopapel.com/single-post/2018/10/15/Fenrir%E2%80%99s-Scar-anunciada-a-primeira-edi%C3%A7%C3%A3o-do-FS-Metal-Fest?fbclid=IwAR2XMy11_1Yjw3-EfJeYece4bajF_jW0AXR9jVEfW387FaR6Ki7B8iA9gCY

Máquina Profana Fest:
http://maquinaprofanafest.blogspot.com/2018/10/fenrirs-scar-anunciada-primeira-edicao.html

Silence of Shadows:
http://www.silenceofshadows.com.br/2018/10/fenrirs-scar-anunciada-primeira-edicao.html

Arise:
http://arisemetalblogzine.blogspot.com/2018/10/noticias-cosmic-surfer-imperative-music.html

Rock on Stage Magazine:
http://www.rockonstage.org/stagenews/2018/stagenews10_2018.htm

Recife Metal Law:
http://www.recifemetallaw.com.br/index.php?link=materias&id=23037&tipo=news

Arte Metal:
http://blogartemetal.blogspot.com/2018/10/arte-news-temple-of-shadows-15-anos-edu.html

Metal no Papel:
https://www.metalnopapel.com/single-post/2018/10/15/Fenrir%E2%80%99s-Scar-anunciada-a-primeira-edi%C3%A7%C3%A3o-do-FS-Metal-Fest

O Subsolo:
http://www.osubsolo.com/2018/10/fenrirs-scar-anunciada-primeira-edicao.html

Cangaço Rádio Rock:
http://www.cangacoradiorock.com.br/2018/10/fenrirs-scar-anunciada-primeira-edicao.html

Resenha Show de Lançamento CD Fenrir’s Scar no site da Roadie Crew

FENRIR’S SCAR
Fundação Jürgensen – Campinas/SP
7 de outubro de 2017
Por Pedro Sampietri / Fotos: Cristina Mochetti

O palco do teatro da Fundação Jürgensen, em Campinas, ficou pequeno para a Fenrir’s Scar, mais nova banda brasileira de metal. Não só pelo fato de contar com sete integrantes, mas principalmente por ter apresentado um show de gente grande. Pontualmente às 20h, subiram ao palco Desireé Rezende (vocais), André Baida (vocais), Vinicius Prado (guitarra), Paulo “Khronny” Victor (guitarra), Gabriel Rezende (baixo), Graziely Maria (teclados e sintetizadores) e Ildécio Santos (bateria) para apresentar ao público o seu primeiro álbum também chamado Fenrir’s Scar.

Antes de presentear a audiência com seus dez petardos autorais na exata sequencia do disco, André pediu desculpas por ter que “gritar” – entretanto, o que se apresentou foi um excelente contraste entre sua voz gutural e as melodias cantadas brilhantemente por Desireé. Fearless Heart, música que deu início ao show, é um tema em que André lança mão de uma voz também melodiosa, fazendo com que esse contraste fosse extremamente agradável e responsável por cativar a plateia logo de início.

Beneath the Skin, primeiro single da banda, conseguiu manter o público atento,e alguns até mesmo arriscaram cantar o refrão de fácil assimilação. Aqui, André começou a “gritaria” à qual tinha se desculpado antes, mas o fez de maneira tão bem executada que de forma alguma se tornou algo desagradável. O show seguiu com Stolen Innocence, que demonstrou ser uma excelente música para ser apresentada ao vivo. A alternância entre as duas vozes de André (gutural e melódica) conseguiu transmitir todo o sentimento presente na letra escrita por Desireé. Aqui também se destacaram as guitarras de Vinicius e Paulo e o piano de Graziely, mostrando o potencial da banda. Asleep serviu para o público respirar e curtir uma bela balada com outro interessante dueto entre André e Desireé. A seguir, as mulheres da banda pediram passagem para apresentar a belíssima Keep You Close to My Heart, dueto voz e piano que, além de servir como descanso para o resto dos músicos, também mostrou a categoria de Graziely em um piano de cauda e evidenciar ainda mais as belas melodias que Desireé consegue entregar.

From Porcelain to Ivory, apresentou mais um belo dueto vocal, fazendo com que o refrão, já grudento em sua essência, ficasse ainda mais marcado na cabeça dos expectadores que, com certeza, saíram cantarolando a melodia na volta para casa. Aqui também vale destacar a interação do baixista Gabriel com a banda e com o público. Apesar do pouco espaço físico do palco, ele se desdobrou para entregar uma performance contagiante e segura. Caliban – inspirada na versão de “Penny Dreadful” do monstro de Frankenstein –, a mais pesada da noite, conseguiu empolgar a plateia e destacar a sincronia da bateria certeira de Ildécio com o baixo extremamente competente de Gabriel. Com sua levada mais hard rock e refrão forte cantado por Desireé, o público, que até aqui ainda estava conhecendo e entendendo a nova banda, finalmente se deixou levar pelas notas do septeto até o final da apresentação, passando por Dark Eyes, que destacou ainda mais toda a energia e competência que o guitarrista Paulo demonstrou durante a apresentação, e Downfall, na qual Vinicius desfilou riffs para todos os gostos.

A cartada final veio com Fenrir’s Last Howl, outro dueto de voz e piano, só que desta vez a cargo de André e contando com a participação especial no piano de Fabiano Negri (produtor do disco e do show). Apesar do visível cansaço, André conseguiu entregar uma nova e elegante versão, mais ‘soft’, da canção que ele já havia lançado com seu projeto anterior, o CounterParts.

Ainda houve tempo para apresentarem alguns covers de bandas que os influenciaram e presentear ainda mais a plateia com excelentes performances de Bring Me to Life (Evanescence), Coma White (Marilyn Manson), Intoxicated (Lacuna Coil), Spellbound (Lacuna Coil), Zombie (Cranberries), Wish I Had an Angel (Nightwish), Shudder Before the Beautiful (Nightwish) e What Have You Done (Within Temptation).

No final da noite, a Fenrir’s Scar saiu de cena com a certeza de ter sido responsável por um belíssimo show, cheio de energia e com entusiasmo na medida certa para uma banda que agora precisa conquistar seu espaço. Carisma, qualidade técnica, excelentes músicos e belas canções não faltam. É um ‘must see’ para quem gosta de boa música e gente nova na cena musical.

Originalmente postado no site da Roadie Crew:
https://roadiecrew.com/site-antigo/mtOnlineDetalhe4faa.html?id=754